Sabemos onde estamos, mas, com este Pobre País, não sabemos para onde vamos. Portugal, Alenquer, Desporto e fotos de viagens.

Links

Sexta-feira, 20 de Maio de 2005

Alenquer a caminho das autárquicas - 5ª parte (de muitas)

A NÃO COLIGAÇÃO.

Sempre fui pelo diálogo.
Em 1997 reuni-me com o então líder do PSD que propôs uma aliança (na altura era líder concelhio do PP) e onde justifiquei o porquê de não acontecer. Propunham-me uma coligação em que o cabeça de lista à CM Alenquer seria do PSD, mesmo depois de se saber que o candidato do CDS tinha melhores condições e maior capacidade política. Apresentei o Dr. Nuno Correia da Silva e o PSD exigia que o candidato fosse o Presidente Concelhio do PSD, Manuel Guiomar. O tempo deu-me razão - Guiomar depois de cumprir o seu mandato de Vereador é hoje militante activo e com responsabilidades no Partido Socialista!
Em 2001 reuni-me na sede do PSD Alenquer com representantes locais do PSD e com o Deputado Social Democrata Duarte Pacheco em conjunto com o Secretário Geral do PP, Pedro Mota Soares, onde assisti a algo de inédito - o candidato Nandim de Carvalho inicialmente presente, usou da palavra, para uma interessante intervenção onde afirmou que entendia que numa coligação PSD / PP o resultado final seria pior que a soma das partes. Mal terminou abandonou a sala alegando que não era "militante do PSD e que estava a mais". Também queria abandonar a sala desde logo, porque depois de tal discurso entendia que nada ali estava a fazer. Depois assisti a um rol de condições onde me ofereciam o 2º lugar para a Assembleia Municipal a troco de traír todos os meus colegas de partido pois os restantes lugares já estariam preenchidos. De ideias, projectos, soluções e alternativas governativas ao PS Alenquer, nada. Apenas a "gentil oferta de um lugar ao sol" a troco do papel de Pôncio Pilatos. A reunião terminou com Duarte Pacheco a acalmar as suas hostes Alenquerenses pois "era importante chegarmos a um consenso".
Recordo-me de o meu amigo Luis Franco me ter contado que, a poucos dias das eleições autárquicas desse ano, em conversa informal com um simpatizante do PSD, este lhe confidenciou que se fosse ele o responsável local do PSD as conversações seriam feitas de outra forma. Esse antigo simpatizante chama-se Pedro Moreira e é hoje o líder do PSD Alenquer!
Estamos em 2005 e a forma como o PSD actuou nestes ultimos 4 anos, sofreu altos e baixos, ou melhor sofreu baixos e baixos, e a forma como se colocou a possibilidade de avançar com uma coligação de centro-direita, mais do que deixar muito a desejar, deixa muito a suspeitar - A suspeitar das boas intenções - Quem pretende fazer uma coligação, primeiro fala com os possíveis parceiros e só depois para os flashes e microfones da comunicação social. Quem pretende fazer uma coligação não afirma pretender dialogar, e, depois de solicitada uma reunião para esclarecer factos, não se esconde com novos prazos e consequentes adiamentos. Quem pretende fazer uma coligação tem que estar imediatamente disponivel para o diálogo. Quem pretende fazer uma coligação não o afirma para os jornais e só depois vai «definir, internamente, as premissas essenciais em que deve assentar essa coligação».

E o que vi desta liderança do PSD Alenquer? Vi um trabalho que se iniciou com a tentativa de destruição da oposição a Álvaro Pedro que era liderada por Nandim de Carvalho do próprio partido. Depois da confrontação interna, do conhecimento público, o líder desapareceu e assim ficamos sem oposição em Alenquer. Agora a um ano eleições o líder volta e apresenta uma candidatura que, mais do que mal preparada, foi mal apresentada. Com afirmações de que pretende apresentar um programa autárquico para Setembro (!), transparecendo a ideia de que não existe nem existiu qualquer programa por parte do PSD. Com peripécias mirabolantes na divulgação do candidato e com uma apresentação pública virada para dentro do partido que denunciam fraquezas, inconsistências e ingenuidade política.

Apesar de tudo o que acabei de dizer ainda me encontrava disponível para dialogar. Mas este longo silêncio apenas veio reforçar a ideia de fraqueza que esta candidatura apresenta desde o seu inicio. Com o maior dos respeitos que o candidato merece, Nuno Coelho está condenado ao fracasso. E esse previsível fracasso deve-se não à falta de capacidade, não à sua inexperiência política nem tão pouco ao facto de ser desconhecido da população em geral, mas sim à direcção do PSD Alenquer que até ao momento não conseguiu transmitir uma ideia de alternativa, uma ideia de força e uma ideia de união.

Continuo em busca de um espaço de debate e da busca de soluções para Alenquer e no actual espectro político local, esse espaço não existe. Mas, por mim, esse espaço surgirá brevemente - Sem partidarites, sem estratégias, sem exclusões e sem protagonismos pessoais.

Em relação ao PSD Alenquer estamos conversados. O meu adversário é outro: O entorpecimento Socialista em que Alenquer se encontra.
Publicado por Francisco Martins às 00:22
Link do post | Comentar | Adicionar a favoritos
|
------- ALENQUER - PORTUGAL ------- ----------- Francisco Martins ----------- ---------- as1403052@sapo.pt --------- ----------- Carlos J Ferreira ----------- --------- carlos@ferreira.com --------

Translate to

English

Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
19
20
26

Temas

alenquer

autocaravanismo

benfica

blogs

bulgaria

caricaturas

croacia

desporto

egipto

espanha

fotos

frança

grecia

humor

internacional

italia

livros

mulheres

nacional

nd

ota

pessoal

polonia

romenia

varios

todas as tags

Arquivos

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Posts recentes

Recantos

«tão importantes são os p...

5 - O cantinho Benfiquist...

A Insanidade ao seu mais ...

Confusão

Uma magnífica ideia para ...

É já depois de amanhã

Leste

4 - O Cantinho Benfiquist...

Setúbal não é a Rua Soeir...

webstat

mais sobre mim

blogs SAPO

subscrever feeds