Sabemos onde estamos, mas, com este Pobre País, não sabemos para onde vamos. Portugal, Alenquer, Desporto e fotos de viagens.

Links

Quinta-feira, 10 de Fevereiro de 2005

Já me irrita...

7h 45m. - Entro no meu carro, para me deslocar para o trabalho. Meto a chave na ignição, ligo o carro, engato a primeira e arranco. Ligo a rádio - TSF - e logo escuto Francisco Louçã, na sua homilia matinal. O tema: hospitais públicos versus hospitais privados. O discurso, o do costume - um ataque hipócrita, mentiroso e radical ao Grupo Mello. A importância dada a Francisco Louça, a já estranhamente habitual - demasiada, para uma rádio que ignora outros partidos.

O discurso fluente de Francisco Louça resumia-se a percentagens de partos por cesariana nos hospitais públicos e à sua básica comparação com os hospitais privados, para chegar à brilhante (e estúpida) conclusão que se nos hospitais privados existem mais partos por cesariana, logo existe uma exploração e um aproveitamento dos privados para com as suas parturientes. Argumentação básica, hipócrita e aparentemente sem fundamentação. Se Francisco Louçã tem provas que as mostre, mas parece-me extremamente leviana, irresponsável e ignóbil a acusação formada, sem provas, a um grupo económico que tem a seu cargo a gestão de hospitais privados. Atitude Criminosa , seriam os termos mais correctos.

Eu que sou pai de um menino de 8 meses, eu que sei o que é o sorriso de uma criança, eu que entendo que todos podem opinar sobre todos os assuntos, fiquei irritado. Que péssimo começo de dia.

Pois bem, não gosto de falar de assuntos pessoais, mas tenho que abrir uma excepção: O Vasco, nasceu num hospital privado do grupo Mello, o parto foi de cesariana, logo o Vasco contribuiu para aumentar a percentagem de partos por cesariana nos hospitais privados. O custo foi elevado, mas, o que Francisco Louçã não disse foi que a qualidade, a higiene e os serviços prestados são de excelente qualidade. Nada tenho contra os hospitais públicos, mas, enquanto tiver disponibilidade financeira, utilizo os privados - SOU TRATADO COMO GENTE !!!

Tenho pena que nem todas as mães possam ter os seus filhos com as mesmas condições que eu pude dar ao meu. E o que me preocupa não é saber se são públicos ou privados, mas sim se oferecem condições dignas para todos. Pelos vistos Francisco Louça é mais simplista - ataca os privados, mas cegamente não vê os graves problemas dos outros. É bem mais fácil!


18h 30m - Entro no meu carro, para voltar para casa. Meto a chave na ignição, ligo o carro, engato a primeira velocidade e arranco. Ligo a rádio - TSF - e logo escuto Francisco Louçã na sua homilia...............

DESLIGUEI O RÁDIO - quero acabar o dia sem me revoltar! Afinal a quem interessa dar tanta importância aos radicais do Bloco e simultaneamente ignorar a existência de outros?

Alguns termos utilizados, não fazem parte da minha habitual forma de escrever, mas, a linguagem utilizada é exactamente a mesma que o BE utiliza para com todos aqueles que têm formas diferentes de olhar os problemas, pelo que não deverá ofender ninguém.
Publicado por Francisco Martins às 00:40
Link do post | Comentar | Adicionar a favoritos
|
------- ALENQUER - PORTUGAL ------- ----------- Francisco Martins ----------- ---------- as1403052@sapo.pt --------- ----------- Carlos J Ferreira ----------- --------- carlos@ferreira.com --------

Translate to

English

Agosto 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
19
20
26

Temas

alenquer

autocaravanismo

benfica

blogs

bulgaria

caricaturas

croacia

desporto

egipto

espanha

fotos

frança

grecia

humor

internacional

italia

livros

mulheres

nacional

nd

ota

pessoal

polonia

romenia

varios

todas as tags

Arquivos

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Posts recentes

Recantos

«tão importantes são os p...

5 - O cantinho Benfiquist...

A Insanidade ao seu mais ...

Confusão

Uma magnífica ideia para ...

É já depois de amanhã

Leste

4 - O Cantinho Benfiquist...

Setúbal não é a Rua Soeir...

webstat

mais sobre mim

blogs SAPO

subscrever feeds